Constância recebeu UDIPSS de Santarém

E desta vez foi o município de Constância, a vila poema, que recebeu a Direção da
UDIPSS Santarém no dia 02 de outubro, com a participação do Sr. Presidente da
Câmara Municipal, Dr. Sérgio Oliveira, e do representante da nossa associada – Os
“Quatro Cantos do Cisne, Presidente Nuno Alfaiate.

Também esteve presente, Marco Gomes, da Direção da Associação Popular e Social
de Constância, a outra IPSS do concelho que ainda não é nossa associada.
Os “Quatro Cantos do Cisne” – Associação para o Desenvolvimento Social e
Comunitário – começou como associação de desenvolvimento rural e teve como um dos
primeiros projetos o projeto Leader+, com o objetivo de recuperar o património da aldeia,
nomeadamente noras, a fonte, o tanque e o forno comunitário, bem como a colocação
de sinalização de locais de interesse. Seguiram-se o Grupo de Música Popular, os
Concursos de Gastronomia, projetos em parceria com o Instituto Português da
Juventude e cursos no âmbito da Educação e Formação. Em julho de 2000, os Quatro
Cantos do Cisne passaram para o Desenvolvimento Social e Comunitário. Após esta
data, alargaram-se os seus horizontes, trabalhando em múltiplas áreas dentro e fora do
concelho de Constância. Adquiriu o estatuto de IPSS desde 16/04/2001.
Desde essa altura desenvolvem as seguintes atividades:
CTL – Gestão dos Centros de Tempos Livres do Concelho, os quais são frequentados
por mais de 200 crianças, com idades dos três aos 12 anos.
ELICEVNB – Responsável pelo Projeto de Intervenção Precoce agora denominada ELI
(Equipa Local de Intervenção Precoce de Constância, Entroncamento e Vila Nova da
Barquinha) que se destina a crianças dos 0 aos 6 anos de idade, especialmente dos 0
aos 3 anos, que apresentam deficiência ou risco de atraso grave de desenvolvimento e
suas famílias.
AEC – Responsável pelas Atividades de Enriquecimento Curricular, em parceria com o
Agrupamento de Escolas de Constância, a Câmara Municipal de Constância e a
Associação Filarmónica Montalvense 24 de janeiro.
EI – Em parceria com o Instituto do Emprego e Formação Profissional, dinamizou até
agosto de 2015, a primeira empresa de inserção do concelho de Constância cujos
principais objetivos foram inserir desempregados de longa duração. Agora procuram
continuar a aplicar os mesmos objetivos, mas recorrendo a outras iniciativas e apoios
que o IEFP oferece.
Estão a procurar instalar a resposta social Centro de Convívio no Centro Cultural da
Aldeia de Sta. Margarida.
Marco Gomes, da Direção da Associação Popular e Social de Constância, referiu que a
criação desta associação teve como objetivo conferir personalidade jurídica à até então
designada Universidade Sénior de Constância.
Funciona com o apoio de diversos parceiros e amigos (Associação Humanitária dos
Bombeiros Voluntários de Constância, Rede de Universidades da Terceira Idade,
Órgãos autárquicos) e tem como objetivos: contribuir para a melhoria da comunidade
em todas as suas vertentes; criar e dinamizar atividades e respostas sociais, culturais,
educacionais e de saúde para a população; divulgar a história, as ciências, as tradições,
a solidariedade, os saberes e os demais fenómenos socioculturais, entre alunos e
demais população; ser um polo de informação e de divulgação dos serviços e direitos
dos associados; fomentar o voluntariado envolvendo a comunidade; trabalhar com
outras Instituições particulares ou públicas.
Estão a tentar, mas ainda não conseguiram acordo de cooperação com a Segurança
Social para o desenvolvimento do Centro de Convívio.
A Direção da UDIPSS agradece o acolhimento dado pelo Sr. Presidente da Câmara
Municipal, e pelos responsáveis da Quatro Cantos do Cisne e da Associação Popular e
Social de Constância.

Texto UDIPSS Santarém

Deixe uma resposta

*