Freamundense de 105 anos vence Covid

Após ultrapassar a barreira dos 105 anos comemorados a 23 de Agosto de 2020, Alfredo Gomes Matos, um ilustre Freamundense, ultrapassou e venceu o Covid-19.

A 24 de Outubro, após ter sido detectado que estava com febre e hipertensão, foi transportado ao Hospital Padre Américo, em Penafiel, onde foi testado como positivo. Na manhã de 30 de Outubro deu entrada no Hospital das Forças Armadas, no Porto, onde esteve em tratamento também a uma pneumonia.

Devido à sua avançada idade, em termos estatísticos, o mais previsível seria não conseguir resistir ao seu estado de enfermidade. Felizmente não foi isso que aconteceu e ontem à noite já regressou ao seu lar, para poder dormir na sua cama, estar juntos dos seus e com o apoio constante da sua filha Alice Matos.

Alfredo Matos já não pertence só à sua família, se antes já o era, agora ainda muito mais, pertence à história da sua terra, de Portugal e do Mundo.

Um homem que desde os seus 12 até aos 68 anos trabalhou como pintor metalúrgico na Fábrica Albino de Matos, Pereiras & Barros, Lda., trabalhando também em sua casa como tamanqueiro. Dos 16 aos 78 foi músico da Banda de Freamunde, onde tocou vários instrumentos de sopro, terminando como pratilheiro. Uma vida ímpar, singular. Quando a batuta de Deus se baixar para terminar a sinfonia da sua vida, certamente que os Anjos e Querubins cantarão e abrirão alas para que este homem bom, que nunca ouvimos a discutir, apenas a sorrir, conheça a glória celestial.

Texto: Pedro Ribeiro, in www.radiofreamunde.pt

Deixe uma resposta

*