UDIPSS de Santarém pede paz para poder trabalhar

Deixem o Setor Social em paz!
O Setor Social saltou para a agenda política e mediática nos últimos tempos.
Não faltam supostos especialistas, daqueles que são especialistas em todos os assuntos, têm opinião fundamentada sobre todos os assuntos e não se inibem de falar sobre todos os assuntos.
Na verdade, recomendar-se-ia uma certa dose de contenção verbal, ao falar no setor social.
À boleia de uma tragédia ocorrida num lar, temos vindo a assistir a um triste circo mediático em que embarcaram as mais altas patentes governativas do país, oposições políticas, ordens profissionais, sindicatos e comentadores avençados.
Poucos sabem do que falam! Mas falam…, porque, perante um défice de ideias e estratégias para o país e, em concreto para a economia social, cavalgam a tragédia.
A notícia não é (nunca é!), o extraordinário trabalho que as IPSS e as suas congéneres do setor social fizeram, fazem e farão todos os dias, com pandemia ou sem pandemia;
A notícia não é, que 98% dos dirigentes destas instituições são voluntários, que fazem da dedicação à causa (aos outros), o seu hobby;
A notícia não é, que os colaboradores daquelas instituições, foram e são todos os dias, verdadeiros heróis que, perante um traiçoeiro vírus, tão assustados como nós, preocupados com o seu núcleo familiar próximo, ainda assim, decidiram passar a residir no próprio local de trabalho para proteção dos seus utentes. A notícia não é, esta prova suprema de amor!
Que pobres de espírito sois!
Voluntariem-se, venham conhecer o setor e depois falem com conhecimento de causa. Caso contrário, prestem ao país, o único serviço que vos pode dignificar: Calem-se, respeitem quem trabalha e deixem o setor social em paz!

Fernando Ferreira
Vice-Presidente

in Newsletter da UDIPSS Santarém

Deixe uma resposta

*